Vida dos Santos

Calendário de Eventos

Ver por ano Ver por mês Ver por semana Ver hoje Pesquisar Ir para o mês

Nossa Senhora de Guadalupe

Domingo, 12 Dezembro 2021por Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Visualizações : 1405

12 12 Nossa Senhora Guadalupe

Nossa Senhora de Guadalupe é a denominação de uma aparição mariana da Igreja Católica de origem mexicana.

Nossa Senhora apareceu em quatro ocasiões ao índio São João Diogo (http://www.paroquia-almancil.pt/utilidades/vida-dos-santos/icalrepeat.detail/2017/12/09/44374/-/s-jo%C3%A3o-diogo.html) no monte Tepeyac, e em uma quinta ocasião a Juan Bernardino, tio de S. João Diogo.

A primeira aparição aconteceu na manhã do dia 9 de Dezembro de 1531, quando São João Diogo, teve a visão de uma senhora.

Falando a S. João Diogo, a mulher identificou-se como sendo a Virgem Maria, "mãe do verdadeiro deus" e pediu que uma igreja fosse construída naquele local em sua honra.

Com base nas palavras da senhhora, S. João Diogo procurou o arcebispo da Cidade do México, Frei Juan de Zumárraga, para lhe dizer o que tinha visto e ouvido. O bispo não deu crédito ao que o índio contou, e nesse mesmo dia, São João Diogo voltou a ver a Virgem Maria pela segunda vez (na sua segunda aparição). Nesta segunda aparição a Virgem pediu-lhe para continuar e insistir com o arcebispo.

No domingo, 10 de Dezembro, São João Diogo conversou com o arcebispo pela segunda vez. Este instruiu-o a retornar ao monte Tepeyac e pedir à senhora uma prova de sua identidade.

No mesmo dia (10 de Dezembro), a terceira aparição ocorreu quando S. João Diogo voltava para o Tepeyac e encontrou a Virgem Maria. São João Diogo informou Nossa Senhora do pedido do bispo; e a Virgem disse-lhe que o forneceria no dia seguinte (11 de Dezembro).

No dia 11 de Dezembro o tio de S. João Diogo ficou doente e o índio ficou a tratar dele. Como a condição de Juan Bernardino (tio de S. João Diogo) piorou durante a noite, no dia 12 de Dezembro São João Diogo vai a Tlatelolco procurar um padre para ouvir a confissão de Juan Bernardino e lhe ministrar a unção dos doentes. Para evitar ser atrasado pela Virgem e por sentir vergonha por não ter conseguido vê-la na segunda-feira conforme combinado, São João Diogo escolheu outra rota ao redor da colina, mas a Virgem interceptou-o no caminho e perguntou-lhe para onde ia (quarta aparição); S. João Diogo explicou o que tinha acontecido e a Virgem repreendeu-o, suavemente, por não se ter encontrado com ela.

Nossa Senhora disse depois a S. João Diogo: - "Não estou aqui, [eu] que sou sua mãe?"). Assegurou-lhe depois que o seu tio Juan Bernardino já tinha recuperado e disse-lhe para subir ao monte Tepeyac e colher as flores do seu cume. O monte Tepeyac era uma montanha de solo estéril, principalmente em Dezembro (inverno no hemisfério norte). S. João Diogo seguiu as instruções de Nossa Senhora e encontrou rosas castelhanas, (não originárias do México), florescendo lá.

Quando o índio voltou, a Virgem organizou as flores na tilma de S. João Diogo, e quando este chegou ao palácio do bispo  Zumárraga e abriu o manto, as flores caíram no chão, e no tecido podia ver-se a imagem da Virgem de Guadalupe como pode ser vista hoje na Basílica.

No dia seguinte a última aparição, a 13 de dezembro, S. João Diogo encontrou o seu tio totalmente recuperado, como a Virgem lhe confirmara, e Juan Bernardino disse-lhe que  também tinha visto Nossa Senhora, ao lado de sua cama (na quinta aparição); e que ela o instruiu a informar o bispo sobre a sua aparição e de sua cura milagrosa; e que ela havia dito a ele que desejava ser chamada sob o título de Guadalupe.

 

Nossa Senhora de Guadalupe rogai por nós!

Voltar

Autenticação

Registar

*
*
*
*
*
*

Fields marked with an asterisk (*) are required.

Liturgia

Secretariado Nacional de Liturgia

Agenda Litúrgica
  • Roxo – Ofício da féria. Missa da féria, pf. I do Advento. L1: Is 11, 1-10; Sal 71 (72), 2. 7-8. 12-13. 17 Ev: Lc 10, 21-24 * Na Diocese de Viana do Castelo – B. Redento da Cruz, religioso e mártir – MF * Na Ordem Agostiniana – B. Avelino Rodríguez, presbítero, e 97 Companheiros, mártires – MO; B. Frederico de Ratisbona, religioso – MF * Na Ordem Carmelita e na Ordem dos Carmelitas Descalços – Bb. Dionísio da Natividade e Redento da Cruz, religiosos e mártires – MF e MO * Na Ordem Franciscana – Todos os Santos da Ordem Franciscana – Festa * Na Ordem dos Franciscanos Capuchinhos – Todos os Santos da Família Franciscana – FESTA * Na Companhia das Filhas da Caridade – Aniversário da fundação da Companhia das Filhas da Caridade de S. Vicente de Paulo.

Próximos Eventos

Não foram encontrados eventos

Diocese do Algarve

Diocese do Algarve

Website Oficial da Diocese do Algarve

Horário de visitas da Igreja de S. Lourenço

Pode visitar a Igreja de S. Lourenço nos seguintes horários

 

De 15 de Abril a 15 de Outubro (Horário de Verão)

 Segunda-feira: 15h00 - 18h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 18h00

 

De 16 de Outubro a 14 de Abril (Horário de Inverno)

Segunda-feira: 15h00 - 17h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 17h00

 

 Ao Domingo encontra-se encerrada para visitas.

Entradas pagas

Visitas

Visitas
3945
Artigos
5
Favoritos web
18