Vida dos Santos

Calendário de Eventos

Ver por ano Ver por mês Ver por semana Ver hoje Pesquisar Ir para o mês

São Toríbio de Mongrovejo

Quarta-feira, 23 Março 2022por Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Visualizações : 1113

23Mar S. toribio de MongrovejoSão Toríbio de Mongrovejo ou Turíbio de Mongrovejo  nasceu a 18 de novembro de 1538 Mayorga, Valladolid (Espanha) e faleceu a 23 de março 1606 em Saña, Peru. São Toríbio de Mongrovejo nasceu no seio de uma família nobre e rica. Estudou em Valadolid, Salamanca e Santiago de Compostela, licenciou-se em direito e, como advogado, teve participações na inquisição. Desde jovem, a sua vida era pautada pela honestidade e justiça.

Quando tinha 40 anos e era presidente do Tribunal de Granada quando o rei Felipe II pediu ao Papa Gregório XIII que nomeasse São Toríbio de Mongrovejo arcebispo de Lima.

Assim quase que de um dia para o outro, elevou-se um simples leigo à dignidade de bispo da Santa Igreja. São Toríbio de Mongrovejo era um leigo e recebeu as ordens menores em quatro domingos consecutivos, sendo ordenado sacerdote poucas semanas e, por fim, sagrado bispo de Lima, no Peru. Foi dessa maneira, aparentemente improvisada, que nasceu um dos maiores apóstolos da América Latina.

O bispo Dom Toríbio chegou a Lima no ano de 1581 e ficou estarrecido com a miséria material e espiritual em que os índios viviam. São Toríbio de Mongrovejo começou por aprender a língua desses índios, depois começou a defendê-los das arbitrariedades dos colonizadores, que os tratavam como animais. Por isso, Dom Toríbio passou a ser venerado pelos fiéis. Todos o viam como um defensor da justiça, contra os opressores europeus.

Com o apoio de todo o povo indígena, São Toríbio de Mongrovejo organizou inúmeras comunidades na sua diocese. Depois disso, realizou assembleias e até mesmo sínodos, isto é, reunião com todos os bispos em atividade na América Espanhola. Assim, todos foram convocados para a evangelização.

São Toríbio de Mongrovejo realizou e coordenou dez concílios da diocese e três concílios provinciais. Esses eventos formaram a principal estrutura organizacional da Igreja Católica da América espanhola que dura até hoje (2018)

O Sínodo Provincial de 1582 realizado em Lima ganhou destaque. Os historiadores chegam mesmo a compará-lo ao Concílio de Trento dada a sua importância.Conta-se que neste sínodo, com fina ironia, São Toríbio de Mongrovejo desafiou os espanhóis, que se consideravam tão inteligentes, a aprenderem uma nova língua, a dos índios.

No ano de 1594, Dom Toríbio já tinha percorrido quinze mil quilómetros em missão pela América Espanhola. Ensinava, pregava, convertia, devolvia dignidade e administrava os sacramentos aos índios. Até este ano, segundo os livros das paróquias, tinha administrado a crisma a sessenta mil fiéis. São Toríbio de Mongrovejo crismou três santos: Santa Rosa de Lima (http://www.paroquia-almancil.pt/utilidades/vida-dos-santos/icalrepeat.detail/2018/08/23/18685/-/santa-rosa-de-lima.html), São Francisco Solano (http://www.paroquia-almancil.pt/utilidades/vida-dos-santos/icalrepeat.detail/2018/07/14/63036/-/s%C3%A3o-francisco-solano.html) e São Martinho de Porres (http://www.paroquia-almancil.pt/utilidades/vida-dos-santos/icalrepeat.detail/2018/11/03/37213/-/s%C3%A3o-martinho-de-porres.html).

São Toríbio fundou o primeiro seminário instituído nas Américas.

Pouco tempo antes de sua morte, São Toríbio de Mongrovejo doou todas as suas roupas, até mesmo as do próprio corpo e doou aos pobres e àqueles que trabalhavam ao seu serviço. Este gesto resumiu o comportamento de toda sua vida. São Toríbio de Mongrovejo morreu, no decorrer duma visita pastoral, no dia 23 de março do ano 1606 em Sanã, Peru.

São Toríbio de Mongrovejo foi canonizado pelo Papa Bento XIII, em 1726. Na ocasião, o Papa declarou São Turíbio de Mongrovejo como o Apóstolo e Padroeiro do Peru.

 

São Toríbio de Mongrovejo rogai por nós!

Voltar

Autenticação

Registar

*
*
*
*
*
*

Fields marked with an asterisk (*) are required.

Liturgia

Secretariado Nacional de Liturgia

Agenda Litúrgica
  • S. João I, papa e mártir – MF Branco ou verm. – Ofício da féria ou da memória. Missa da féria ou da memória, pf. pascal. L1: At 15, 1-6; Sal 121 (122), 1-2. 3-4a. 4b-5 Ev: Jo 15, 1-8 * Na Ordem Agostiniana – B. Guilherme de Tolosa, presbítero – MF * Na Ordem Franciscana – S. Félix de Cantalício, religioso, da I Ordem – MF * Na Ordem dos Franciscanos Capuchinhos – S. Félix de Cantalício, religioso, da I Ordem – FESTA * Na Congregação das Escravas do Sagrado Coração de Jesus – S. Rafaela Maria, virgem, Fundadora da Congregação – SOLENIDADE * Na Ordem de Malta – B. Gerardo Mecatti de Villamagna, religioso – MO * Na Congregação dos Padres Marianos da Imaculada Conceição – S. Estanislau Papczynski, Fundador da Congregação – SOLENIDADE. * Na Prelatura da Santa Cruz e Opus Deis – B. Guadalupe Ortiz de Landázuri – MF * Na Congregação Salesiana – S. Leonardo Murialdo, presbítero – MF

Próximos Eventos

Não foram encontrados eventos

Diocese do Algarve

Diocese do Algarve

Website Oficial da Diocese do Algarve

Horário de visitas da Igreja de S. Lourenço

Pode visitar a Igreja de S. Lourenço nos seguintes horários

 

De 15 de Abril a 15 de Outubro (Horário de Verão)

 Segunda-feira: 15h00 - 18h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 18h00

 

De 16 de Outubro a 14 de Abril (Horário de Inverno)

Segunda-feira: 15h00 - 17h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 17h00

 

 Ao Domingo encontra-se encerrada para visitas.

Entradas pagas

Visitas

Visitas
3945
Artigos
5
Favoritos web
18