Vida dos Santos

Calendário de Eventos

Ver por ano Ver por mês Ver por semana Ver hoje Pesquisar Ir para o mês

São Nicolau de Flüe

Segunda-feira, 21 Março 2022por Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Visualizações : 1114

21Mar Nicolau de FlueSão Nicolau de Flüe nasceu no ano de 1417 em Flueli, Unterwalden (suiça) e faleceu a 21 de março de 1487 em Sachseln, Suiça. São Nicolau de Flüe, ou Bruder Klaus (irmão Klaus), como é conhecido em sua pátria, era filho de camponeses ricos. Os biógrafos dizem que São Nicolau de Flüe era um “jovem casto, bom, virtuoso, piedoso e sincero, dado à oração, mortificado, e que cumpria conscienciosamente seus deveres”.

Aos 29 anos, São Nicolau de Flüe participou na batalha de Ragaz. Quatorze anos mais tarde participou na chamada guerra de Thurgau. São Nicolau de Flüe demonstrou tanta bravura nessa guerra, que recebeu uma medalha de ouro. Por sua influência, salvou do furor dos confederados (Antiga Confederação Helvética) o convento dominicano de Santa Catarina, onde os austríacos se tinham refugiado.

Na guerra São Nicolau de Flüe levava a espada numa das mãos e o terço na outra. Mostrou-se sempre um guerreiro corajoso e um cristão misericordioso.

Aos trinta anos e para obedecer aos pais, São Nicolau de Flüe casou-se com Doroteia Wyss, filha de agricultores locais. São Nicolau de Flüe e a mulher tiveram dez filhos, cinco homens e cinco mulheres. São Nicolau de Flüe dedicou-se inteiramente à educação da numerosa prole, tanto religiosa quanto civil.

São Nicolau de Flüe tinha uma profunda devoção à Santíssima Virgem, terna e inflamada, e não havia conversa em que ele não entremeasse frases sobre as excelências, o poder e a bondade dessa terníssima Mãe. São Nicolau de Flüe fazia periodicamente peregrinações aos seus inúmeros santuários.

Mesmo trabalhando no campo, o santo Nicolau de Flüe não deixava seu rosário, que aproveitava para rezar em qualquer tempo livre.

O amor às coisas celestes e algumas visões que teve, fizeram reavivar em São Nicolau de Flüe o desejo de se dedicar exclusivamente a Deus. Estava perto de fazer 50 anos, quando São Nicolau de Flüe foi ter com a sua mulher e lhe explicou a vocação que Deus lhe dava, suplicando-lhe liberdade para segui-la. Apesar de terem filhos ainda pequenos Doroteia Wyss aceitou tranquilamente o pedido de São Nicolau de Flüe e prometeu terminar de educar os filhos no temor e amor de Deus.

No dia 16 de outubro de 1467, São Nicolau de Flüe apareceu diante dos parentes e amigos descalço, com longa túnica de peregrino, bastão numa das mãos, o terço na outra e pedindo perdão por alguma falta involuntária.

Depois São Nicolau de Flüe partiu, pensava ir para outro país para estar mais longe daquilo que amava. Mas depois, por uma inspiração do alto, São Nicolau de Flüe voltou para uma sua propriedade, onde construiu uma pequena cabana para nela viver entregue à oração e à contemplação.

Sabendo disso o seu irmão Pedro foi procurá-lo, resolvido a levá-lo para casa, alegando que poderia morrer de frio ou fome, isolado no terrível inverno suíço. São Nicolau de Flüe respondeu-lhe: “Saiba, meu irmão, que não morrerei de fome, pois já fazem onze dias que não como e não sinto necessidade de alimento. Tampouco morrerei de frio, pois Deus me sustém”.

E assim foi. Desde aquele dia até à sua morte, São Nicolau de Flüe não comeu nem bebeu, alimentando-se apenas da Sagrada Eucaristia! São Nicolau de Flüe viveu assim por vinte anos até que faleceu a 21de março de 1487.

São Nicolau de Flüe foi canonizado pelo Papa Pio XII em maio de 1947.

 

São Nicolau de Flüe rogai por nós!

Voltar

Autenticação

Registar

*
*
*
*
*
*

Fields marked with an asterisk (*) are required.

Liturgia

Secretariado Nacional de Liturgia

Agenda Litúrgica
  • S. João I, papa e mártir – MF Branco ou verm. – Ofício da féria ou da memória. Missa da féria ou da memória, pf. pascal. L1: At 15, 1-6; Sal 121 (122), 1-2. 3-4a. 4b-5 Ev: Jo 15, 1-8 * Na Ordem Agostiniana – B. Guilherme de Tolosa, presbítero – MF * Na Ordem Franciscana – S. Félix de Cantalício, religioso, da I Ordem – MF * Na Ordem dos Franciscanos Capuchinhos – S. Félix de Cantalício, religioso, da I Ordem – FESTA * Na Congregação das Escravas do Sagrado Coração de Jesus – S. Rafaela Maria, virgem, Fundadora da Congregação – SOLENIDADE * Na Ordem de Malta – B. Gerardo Mecatti de Villamagna, religioso – MO * Na Congregação dos Padres Marianos da Imaculada Conceição – S. Estanislau Papczynski, Fundador da Congregação – SOLENIDADE. * Na Prelatura da Santa Cruz e Opus Deis – B. Guadalupe Ortiz de Landázuri – MF * Na Congregação Salesiana – S. Leonardo Murialdo, presbítero – MF

Próximos Eventos

Não foram encontrados eventos

Diocese do Algarve

Diocese do Algarve

Website Oficial da Diocese do Algarve

Horário de visitas da Igreja de S. Lourenço

Pode visitar a Igreja de S. Lourenço nos seguintes horários

 

De 15 de Abril a 15 de Outubro (Horário de Verão)

 Segunda-feira: 15h00 - 18h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 18h00

 

De 16 de Outubro a 14 de Abril (Horário de Inverno)

Segunda-feira: 15h00 - 17h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 17h00

 

 Ao Domingo encontra-se encerrada para visitas.

Entradas pagas

Visitas

Visitas
3945
Artigos
5
Favoritos web
18