Vida dos Santos

Calendário de Eventos

Ver por ano Ver por mês Ver por semana Ver hoje Pesquisar Ir para o mês

São José

Sábado, 19 Março 2022por Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Visualizações : 1053

19Mar S. JoseSão raros os dados sobre as origens, a infância e a juventude de São José, pai terrestre e adotivo de Jesus Cristo, e esposo da Virgem Maria.

Sabemos apenas que era descendente da casa de David, possivelmente oriundo de Belém, a cidade de David. São José foi escolhido por Deus Pai para a sublime missão de pai terreno de Jesus Cristo, Filho de Deus encarnado:“Maria dará à luz um filho, a quem tu [José]porás o nome de Jesus(Mt 1,21). São José acolheu o projeto divino com confiança e perseverança, mesmo diante do absurdo e perigo (Mt 1,24s). Protegeu o Menino Jesus das garras de Herodes (Mt 2,14s). Foi decisiva a sua presença paterna para o crescimento humano de Jesus em Nazaré (Lc 2,51a).

São José era “carpinteiro” (“artesão”, “pedreiro”:tékton, fáber– Mt 13,55).

Nas Sagradas Escrituras não há uma palavra sequer pronunciada por José. Mas, sua missão na História da Salvação Humana é das mais importantes: dar um nome a Jesus e fazê-lo descendente de David, necessário para que as profecias se cumprissem. Por isso, na Igreja, São José recebeu o título de “homem justo”. A palavra “justo” recorda a sua retidão moral, a sua sincera adesão ao exercício da lei e a sua atitude de abertura total à vontade do Pai celestial. Também nos momentos difíceis e às vezes dramáticos, o humilde carpinteiro de Nazaré nunca arrogou para si mesmo o direito de pôr em discussão o projeto de Deus. São José esperou a chamada do Senhor e em silêncio respeitou o mistério, deixando-se orientar pelo Altíssimo.

Quando recebeu a tarefa, São José cumpriu-a com dócil responsabilidade: escutou solícito o anjo, quando se tratou de tomar como esposa a Virgem de Nazaré; na fuga para o Egito e no regresso para Israel (Mt 1 e 2, 18-25 e13-23). Com poucos, mas significativos traços, os evangelistas descreveram São José como cuidadoso guardião de Jesus, esposo atento e fiel, que exerceu a autoridade familiar numa constante atitude de serviço. As Sagradas Escrituras nada mais nos dizem sobre São José, mas neste silêncio está encerrado o próprio estilo da sua missão: uma existência vivida no anonimato de todos os dias, mas com uma fé segura na Providência.

Somente uma fé profunda poderia fazer com que alguém se mostrasse tão disponível à vontade de Deus. São José amou, acreditou, confiou em Deus e no Messias, com toda a sua esperança. Apesar da grande importância de São José na vida de Jesus Cristo não há referências da data de sua morte. Os teólogos acreditam que São José tenha morrido três anos antes da crucificação de Jesus, isto é quando Jesus começou a sua vida pública.

Por isso, hoje é dia de festa para a Fé. O culto a São José começou no Egito, passando mais tarde para o Ocidente, onde hoje alcança grande popularidade. Em 1870, o Papa Pio IX o proclamou São José, padroeiro universal da Igreja e, a partir de então, passou a ser venerado no dia 19 de março. Porém, em 1955, o Papa Pio XII fixou também, o dia primeiro de maio para celebrar São José, operário.

Em 1961 o Papa João XXIII, inseriu o nome de São José no Cânone romano e em 1989 o Santo Papa João Paulo IIsublinha que Maria e José estão unidos numa fé heroica por acreditarem na Anunciação divina, e que S. José “cooperou com o grande mistério da Redenção” mediante o “exercício de sua paternidade” (n. 8). Em 2013 o Papa Francisco mandou incluir o nome de São José nas Orações Eucarísticas.

 

São José, esposo da Virgem Santa Maria rogai por nós!

Voltar

Autenticação

Registar

*
*
*
*
*
*

Fields marked with an asterisk (*) are required.

Liturgia

Secretariado Nacional de Liturgia

Agenda Litúrgica
  • S. João I, papa e mártir – MF Branco ou verm. – Ofício da féria ou da memória. Missa da féria ou da memória, pf. pascal. L1: At 15, 1-6; Sal 121 (122), 1-2. 3-4a. 4b-5 Ev: Jo 15, 1-8 * Na Ordem Agostiniana – B. Guilherme de Tolosa, presbítero – MF * Na Ordem Franciscana – S. Félix de Cantalício, religioso, da I Ordem – MF * Na Ordem dos Franciscanos Capuchinhos – S. Félix de Cantalício, religioso, da I Ordem – FESTA * Na Congregação das Escravas do Sagrado Coração de Jesus – S. Rafaela Maria, virgem, Fundadora da Congregação – SOLENIDADE * Na Ordem de Malta – B. Gerardo Mecatti de Villamagna, religioso – MO * Na Congregação dos Padres Marianos da Imaculada Conceição – S. Estanislau Papczynski, Fundador da Congregação – SOLENIDADE. * Na Prelatura da Santa Cruz e Opus Deis – B. Guadalupe Ortiz de Landázuri – MF * Na Congregação Salesiana – S. Leonardo Murialdo, presbítero – MF

Próximos Eventos

Não foram encontrados eventos

Diocese do Algarve

Diocese do Algarve

Website Oficial da Diocese do Algarve

Horário de visitas da Igreja de S. Lourenço

Pode visitar a Igreja de S. Lourenço nos seguintes horários

 

De 15 de Abril a 15 de Outubro (Horário de Verão)

 Segunda-feira: 15h00 - 18h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 18h00

 

De 16 de Outubro a 14 de Abril (Horário de Inverno)

Segunda-feira: 15h00 - 17h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 17h00

 

 Ao Domingo encontra-se encerrada para visitas.

Entradas pagas

Visitas

Visitas
3945
Artigos
5
Favoritos web
18