Vida dos Santos

Calendário de Eventos

Ver por ano Ver por mês Ver por semana Ver hoje Pesquisar Ir para o mês

São Policarpo

Terça-feira, 23 Fevereiro 2021por Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Visualizações : 931

23Fev S. PolicarpoSão Policarpo nasceu por volta do ano 69 em Esmirna (atual Turquia) e faleceu cerca do ano 155 na mesma cidade. São Policarpo também é conhecido como São Policarpo de Esmirna e nasceu no seio duma família cristã da alta burguesia. São Policarpo é um dos grandes Padres Apostólicos, ou seja, pertencia ao número daqueles que conviveram com os primeiros apóstolos e serviram de elo entre a Igreja primitiva e a Igreja do mundo greco-romano. Os registos sobre a vida deste santo foram-nos transmitidos pelo seu discípulo preferido, S. Irineu (http://www.paroquia-almancil.pt/utilidades/vida-dos-santos/icalrepeat.detail/2018/06/28/58439/-/s-irineu.html). São Policarpo, foi discípulo do apóstolo S. João (http://www.paroquia-almancil.pt/utilidades/vida-dos-santos/icalrepeat.detail/2018/12/27/47031/-/s-jo%C3%A3o,-evangelista.html) e teve a oportunidade de conhecer outros apóstolos que conviveram com Jesus.
Batizado, tornou-se exemplo íntegro de fé e vida, respeitado até pelos adversários. A dedicação de São Policarpo e o seu exemplo de santidade fizeram com que São João Evangelista o sagrasse bispo de Esmirna. São Policarpo foi amigo pessoal de Santo Inácio de Antioquia (http://www.paroquia-almancil.pt/utilidades/vida-dos-santos/icalrepeat.detail/2018/10/17/51719/-/s-in%C3%A1cio-de-antioquia.html).
No tempo do Papa Aniceto, São Policarpo visitou a cidade de Roma, como representante das igrejas da Ásia. A sua missão era discutir com os coirmãos a mudança da celebração da Páscoa, que, então, era comemorada em dias diferentes no Ocidente e no Oriente. Apesar de, naquela época, não chegarem a acordo, despediram-se celebrando a liturgia juntos, numa demonstração de união na fé, que não foi abalada pelas divergências em questões de liturgia.
São Policarpo foi um bispo menos interessado na administração eclesiástica a sua vocação era a de Pastor. Sua alegria era fortalecer a fé das ovelhas de seu rebanho e o santo escreveu inúmeras cartas. Infelizmente apenas uma ficou preservada. Esta foi enviada aos filipenses, em 110. Nela, São Policarpo exalta a fé em Jesus Cristo, fé que precisa ser confirmada no trabalho árduo, diário e no dia a dia dos cristãos.
Durante a dura perseguição do imperador Marco Aurélio, São Policarpo, em oração, teve uma visão profética a cerca do martírio que o aguardava. Tal visão aconteceu três dias antes de ser preso. Por isso, São Policarpo avisou aos irmãos na fé que seria queimado vivo. Assim, estando ele em oração, foi preso pelas forças do imperador romano e levado a julgamento.
São Policarpo foi julgado por um procônsul chamado Estácio Quadrado. Este insistia para que o santo renegasse a Jesus Cristo. São Policarpo, porém, disse em alta voz no tribunal: "Eu tenho servido a Cristo por 86 anos e ele nunca me fez nada de mal. Como posso blasfemar contra meu Redentor? Ouça bem claro: eu sou cristão"! Por isso, São Policarpo foi condenado à morte pelo fogo.
No momento do martírio São Policarpo fez questão de subir os degraus para a fogueira. De lá, gritou para os que assistiam ao seu martírio: "Sede bendito para sempre, ó Senhor; que o vosso nome adorável seja glorificado por todos os séculos".
Mas a profecia de Policarpo não se cumpriu: contam os escritos que, mesmo com a fogueira queimando sob ele e à sua volta, o fogo não o atingiu.
Os carrascos foram obrigados a matá-lo à espada, depois quando o seu corpo foi queimado exalou um odor de pão cosido. Nesse momento ele exalou um forte aroma de pão cozido. Os discípulos de São Policarpo recolheram o que restou de seus ossos e depositaram numa sepultura digna.
O seu martírio foi descrito um ano após sua morte, numa carta de 23 de fevereiro de 156 que foi depois enviada pelos cristãos de Esmirna aos irmãos da igreja de Filomélio.
Esta carta é o registro mais antigo que existe do martirológio cristão.

 

São Policarpo rogai por nós!

Voltar

Autenticação

Registar

*
*
*
*
*
*

Fields marked with an asterisk (*) are required.

Liturgia

Secretariado Nacional de Liturgia

Agenda Litúrgica
  • Roxo – Ofício da féria. Missa da féria, pf. da Quaresma. L 1 Est 4, 17. n. p-r. aa-bb. gg-hh; Sal 137 (138), 1-2a. 2bc-3. 7c-8 Ev Mt 7, 7-12 * Na Congregação Salesiana e no Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora – SS. Luís Versiglia, bispo, e Calisto Caravário, presbítero, mártires – FESTA * Na Congregação do Santíssimo Redentor – Aniversário da aprovação do Instituto (1749).

Próximos Eventos

Não foram encontrados eventos

Santo do dia

Qui. Fev. 25
Santa Valburga
Qui. Fev. 25
São Calisto Caravário
Qui. Fev. 25
São Luís Versiglia

Diocese do Algarve

Diocese do Algarve

Website Oficial da Diocese do Algarve

Horário de visitas da Igreja de S. Lourenço

Pode visitar a Igreja de S. Lourenço nos seguintes horários

 

De 15 de Abril a 15 de Outubro (Horário de Verão)

 Segunda-feira: 15h00 - 18h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 18h00

 

De 16 de Outubro a 14 de Abril (Horário de Inverno)

Segunda-feira: 15h00 - 17h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 17h00

 

 Ao Domingo encontra-se encerrada para visitas.

Entradas pagas

Visitas

Visitas
3945
Artigos
5
Favoritos web
18