Vida dos Santos

Calendário de Eventos

Mês anterior Dia anterior Dia seguinte Próximo mês
Ver por ano Ver por mês Ver por semana Ver hoje Pesquisar Ir para o mês

São Bento José Labre

Terça-feira, 16 Abril 2019por Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Visualizações : 1939

16Abr Bento José LabreSão Bento José Labre também é conhecido como São Benedito José Labre ou o “cigano de Cristo”, nasceu a 25 de maio de 1748 em Amettes (França) e faleceu a 16 de abril de 1783 em Roma (Itália).

São Bento José Labre era o mais velho dos quinze filhos de um casal de agricultores pobres. Os seus pais eram modestos agricultores, porém, generosos e tementes a Deus. São Bento José Labre frequentou a escola local, e aprendeu latim com um tio materno. Ainda muito jovem São Bento José Labre, quis tornar-se monge trapista, mas não conseguiu o consentimento dos pais.

Quando completou 18 anos, São Bento José Labre conseguiu o consentimento dos pais, e ingressou no convento trapista de Santa Algegonda. Contudo a sua permanência foi curta pois os monges não o aprovaram. São Bento José Labre percorreu então, a pé, centenas de quilómetros debaixo de um rigoroso inverno, até a Normandia, onde pediu admissão no convento cisterciense de Montaigne. Não obteve autorização para ingressar. São Bento José Labre tentou ainda por mais duas vezes ingressar em conventos, primeiro no dos cartuchos de Neuville e depois nos cistercienses de Sept-fons, sempre com o mesmo resultado.

Porém para São Bento José Labre o desejo de servir a Deus e anunciar o Evangelho era maior do que todas as recusas. Depois de ter caminhado por dois anos (algumas fontes referem quatro anos) São Bento José Labre deciciu que o seu mosteiro,mosteiro seriam as estradas e, como peregrino, anunciaria o Evangelho nas periferias e ruas das cidades por onde passasse.

No embornal (saco para transportar ferramentas e provisões) de peregrino São Bento José Labre carregava apenas o Novo Testamento, a Imitação de Cristo e um breviário. No peito, um crucifixo; no pescoço, um terço; e nas mãos, um rosário. Alimentava-se apenas de pão e ervas, passando a noite ao relento, rezando e meditando. Depois de caminhar 30 mil quilómetros São Bento José Labre chegou a Roma, no ano de 1770 e misturou-se aos mendigos.

Durante a noite, São Bento José Labre dormia nas ruínas do Coliseu e, de dia, percorria as estradas peregrinando nos lugares sagrados e evangelizando sem pedir esmolas. Quando recebia a caridade alheia, mesmo sem pedir, dividia o que ganhava com os pobres. Uma vez um cidadão que encarou sua atitude como um insulto, bateu-lhe. São Bento José Labre percorreu todos os santuários de Itália, visitando o santuário de Loreto por 11 vezes.

A vida de São Bento José Labre maltratou a sua saúde: o frio, a neve, a pouca alimentação, a maneira insatisfatória de higiene e as penitências que se autoimpusera, foram limitando as forças do santo. Os seus pés estavam feridos e cansados, as suas pernas deformadas pelas andanças e pela artrose, as suas mãos calejadas, porém o seu olhar cansado era como um farol luminoso da Graça.

Todos tinham São Bento José Labre em grande estima e respeito e apesar da sua aparência descuidada, São Bento José Labre era visto como um santo; as suas palavras eram sempre de amor, gratidão, respeito e exortação. Por onde passava, traçava o sinal da cruz e a todos abençoava.

Na primavera de 1783, São Bento José Labre já doente e cansado é encontrado agonizando na rua. É levado para a casa de um amigo, onde viria a falecer a 16 de abril de 1783.

São Bento José Labre foi canonizado pelo Papa Leão XIII no ano de 1883.

É padroeiro dos deslocados e das pessoas desadaptadas.

 

São Bento José Labre rogai por nós!

Voltar

Autenticação

Registar

*
*
*
*
*
*

Fields marked with an asterisk (*) are required.

Liturgia

Secretariado Nacional de Liturgia

Agenda Litúrgica
  • Branco – Ofício próprio. Te Deum. Missa própria, Glória, sequência facultativa, pf. pascal. L 1 Act 2, 36-41; Sal 32 (33), 4-5. 18-19. 20 e 22 Ev Jo 20, 11-18 * Proibidas as Missas de defuntos, excepto a exequial.

Próximos Eventos

Não foram encontrados eventos

Santo do dia

Ter. Abr. 23
Santo Adalberto de Praga
Ter. Abr. 23
São Jorge
Qua. Abr. 24
Santa Maria Eufrásia Pelletier
Qua. Abr. 24
São Fiel de Sigmaringa

Diocese do Algarve

Diocese do Algarve

Website Oficial da Diocese do Algarve

Ecclesia

Agência ECCLESIA

Agência de Informação
  • «As resistências à presença de Jesus Cristo no meio da sociedade e da cultura são muitas», frisou D. João Lavrador Angra do Heroísmo, 23 abr 2019 (Ecclesia) – O bispo de Angra celebrou esta segunda-feira a festa dos 60 anos do Santuário do Santo Cristo dos Milagres, na igreja de Nossa Senhora da Esperança, em […] The post Açores: Bispo de Angra presidiu a celebração dos 60 anos do Santuário do Santo Cristo dos Milagres appeared first on Agência ECCLESIA.

  • O maestro João Andrade Nunes dirige o coro paroquial e o Ensemble de São Tomás de Aquino, no patriarcado de Lisboa. Nesta segunda-feira de Páscoa este jovem explica à Ecclesia como a música pode ser a grande aliada para as celebrações, a forma como se interpreta pode ajudar à liturgia e como a música ajuda […] The post Páscoa: Quando a música ajuda a celebrar o tempo pascal – Emissão 22-04-2019 appeared first on Agência ECCLESIA.

  • «A coragem de arriscar pela promessa de Deus» é o tema escolhido para 2019 The post Vocações: Igreja Católica prepara semana de atividades para desafiar jovens portugueses (c/vídeo) appeared first on Agência ECCLESIA.

Horário de visitas da Igreja de S. Lourenço

Pode visitar a Igreja de S. Lourenço nos seguintes horários

 

De 15 de Abril a 15 de Outubro (Horário de Verão)

 Segunda-feira: 15h00 - 18h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 18h00

 

De 16 de Outubro a 14 de Abril (Horário de Inverno)

Segunda-feira: 15h00 - 17h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 17h00

 

 Ao Domingo encontra-se encerrada para visitas.

Entradas pagas

Onde Estamos

Visitas

Visitas
3945
Artigos
2
Favoritos web
18