Vida dos Santos

Calendário de Eventos

Mês anterior Dia anterior Dia seguinte Próximo mês
Ver por ano Ver por mês Ver por semana Ver hoje Pesquisar Ir para o mês

Santa Juliana de Nicomedia

Sexta-feira, 16 Fevereiro 2018por Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Visualizações : 451

16Fev S. Juliana de NicomediaSanta Juliana de Nicomedia terá nascido no ano de 285 em Nicomedia (atual Turquia) e faleceu no ano de 304 ou 305. Juliana era filha duma família ilustre de Nicomedia, o seu pai de nome Africano era pagão (prestava culto a vários deuses) e a sua mãe agnóstica (não acreditava em nenhum Deus). Devido à sua situação familiar, Juliana batizou-se em segredo e entregou-se inteiramente a Cristo.
Santa Juliana de Nicomedia era filha de Africano, homem rude e pagão, e, desde a infância, havia abraçado o cristianismo. Quando soube que o pai a tinha prometido a um jovem nobre chamado Evilásio, não pode deixar de sentir certa repugnância pois Evilásio era também pagão.
Santa Juliana era uma filha obediente e submissa ao seu pai, contudo não poderia aceitar o casamento com um homem pagão. Então depois de pensar muito sobre a situação, foi procurar Evilásio e ter-lhe-á dito que só casava com ele quando este fosse prefeito da cidade.
Evilásio que tinha grande influência na cidade, tornou-se prefeito da mesma pouco tempo depois. Foi então ter com Santa Juliana de Nicomedia que lhe respondeu que era cristã e que não poderia de modo algum unir-se a um pagão, convidando o jovem Evilásio a converter-se ao cristianismo.
Muito agastado, Evilásio procurou o pai de Santa Juliana que tentou a todo o custo demovê-la da sua posição. Africano tratou Santa Juliana com carinho, ameaças e até punições físicas. Vendo que não conseguia mudar a opinião da filha fez-lhe um ultimato, ou se casava ou ia a tribunal. Santa Juliana preferiu ir a tribunal e Evilásio, na qualidade de prefeito, intimou-a a prestar declarações sobre a fé. Como Santa Juliana não renunciou à fé cristã, Evilásio mandou-a prender.
Nessa mesma noite, no interior da cela apareceu a Santa Juliana um anjo, luminoso, que lhe disse:
- Juliana, sacrifica aos deuses! Deves obedecer à vontade do imperador.
Santa Juliana pensou porque lhe haveria Deus de lhe pedir tal coisa. Aquilo só podia ser obra do demónio. Assim orou com fervor, suplicando ao Senhor que lhe desse forças para vencer a tentação.
Evilásio fê-la passar pelos suplícios mais atrozes. Por fim, mandou decapitá-la.

 

Santa Juliana de Nicomedia rogai por nós!

Voltar

Autenticação

Registar

*
*
*
*
*
*

Fields marked with an asterisk (*) are required.

Liturgia

Secretariado Nacional de Liturgia

Agenda Litúrgica
  • ASSUNÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA – SOLENIDADE Branco – Ofício da solenidade. Te Deum. Missa do dia, própria, Glória, Credo, pf. próprio. L 1 Ap 11, 19a; 12, 1-6a. 10ab; Sal 44 (45), 10. 11. 12. 16 L 2 1 Cor 15, 20-27 Ev Lc 1, 39-56 * Proibidas todas as Missas de defuntos, mesmo a exequial. * Nas Dioceses do Algarve, Aveiro, Braga (sob o título de Santa Maria de Braga), Évora, Guarda, Lamego, Leiria-Fátima, Lisboa (sob o título de Santa Maria Maior), Portalegre-Castelo Branco e Viseu – Festa titular das respectivas Igrejas Catedrais ou Concatedrais. * Na Diocese do Porto – Assunção da Virgem Santa Maria, Padroeira principal da Diocese e titular da Igreja Catedral – SOLENIDADE * Na Diocese de Viana do Castelo – Assunção da Virgem Santa Maria, Padroeira principal da Diocese e titular da Igreja Catedral sob a designação de Santa Maria Maior – SOLENIDADE; aniversário da entrada solene de D. Anacleto Cordeiro Gonçalves de Oliveira. * Na Congregação dos Irmãos Maristas – Assunção da Virgem Santa Maria, Titular e Padroeira principal da Congregação – SOLENIDADE * Nas Dioceses de Cabo Verde – Assunção da Virgem Santa Maria – SOLENIDADE * II Vésperas da solenidade – Compl. dep. II Vésp. dom.

Próximos Eventos

Não foram encontrados eventos

Diocese do Algarve

Diocese do Algarve

Website Oficial da Diocese do Algarve

Ecclesia

Agência ECCLESIA

Agência de Informação

Horário de visitas da Igreja de S. Lourenço

Pode visitar a Igreja de S. Lourenço nos seguintes horários

 

De 15 de Abril a 15 de Outubro (Horário de Verão)

 Segunda-feira: 15h00 - 18h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 18h00

 

De 16 de Outubro a 14 de Abril (Horário de Inverno)

Segunda-feira: 15h00 - 17h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 17h00

 

 Ao Domingo encontra-se encerrada para visitas.

Entradas pagas

Onde Estamos

Visitas

Visitas
3945
Artigos
2
Favoritos web
18