Vida dos Santos

Calendário de Eventos

Mês anterior Dia anterior Dia seguinte Próximo mês
Ver por ano Ver por mês Ver por semana Ver hoje Pesquisar Ir para o mês

B. José Allamano

Sexta-feira, 16 Fevereiro 2018por Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Visualizações : 102

16Fev B. Jose AllamanoBeato José Allamano nasceu a 21 de janeiro de 1851 em Castelnuovo D'Asti (Itália) e faleceu a 16 de fevereiro de 1926 em Turim (Itália) Era filho de José Allamano y Maria Ana Cafasso. Era o quarto de cinco filhos. O beato José Allamano nasceu numa pequena cidade que se dedicava à agricultura e ao cultivo de vinhedo que cobriam as colinas e campos.
Ficou órfão de pai aos três anos e a sua mãe que era irmã de S. José Cafasso (http://www.paroquia-almancil.pt/utilidades/vida-dos-santos/icalrepeat.detail/2018/06/23/58275/-/s-jos%C3%A9-cafasso.html) educou os seus cinco filhos daí em diante com a ajuda do irmão.
Enquanto criança o Beato José Allamano foi um ótimo aluno, exemplar e muito aplicado. A família do beato mudou-se para Turim, onde José Allamano iniciou os seus estudos no Oratório de Dom Bosco, sendo o melhor da turma. São João Bosco (http://www.paroquia-almancil.pt/utilidades/vida-dos-santos/icalrepeat.detail/2018/01/31/13699/-/s-jo%C3%A3o-bosco.html), descobriu em José Allamano, de apenas 11 anos, excelentes qualidades para torná-lo um membro da Sociedade Salesiana, contudo o jovem ingressa no Seminário Diocesano de Turim. Apesar da constituição física fraca, era espiritualmente forte e dedicou-se com entusiasmo ao estudo e à oração.
Foi ordenado sacerdote a 20 de setembro de 1873 na Catedral de Turim. Em 1878 graduou-se em Teologia pela Faculdade Pontifícia de Teologia, pertencente à Universidade de Turim. Foi imediatamente nomeado confessor do seminário e em 1880 reitor do santuário de Nossa Senhora da Consolata. Durante o período de 46 anos em que foi reitor do santuário, o beato José Alamano dedicou-se à restauração estrutural e espiritual do mesmo e recuperou o convictório eclesiástico para jovens sacerdotes.
Compreendendo claramente que todo o sacerdote é missionário e constatando a abundância de clero nas dioceses do Piemonte, o Padre José Allamano fundou o Instituto Missões Consolata dos padres e irmãos a 29 de janeiro de 1901. De saúde frágil, o beato não podia partir em missão mas apenas dois anos mais tarde, enviava os primeiros quatro missionários (2 padres e 2 irmãos) para as missões do Quénia, país do Sudeste da África.
O trabalho de Evangelização expandia-se e os missionários sentiram a necessidade da presença missionária feminina pedindo ao Fundador que enviasse religiosas para um trabalho complementar. Naquele tempo não era fácil atender a este pedido, uma vez que as congregações femininas de então, não haviam despertado ainda para o carisma missionário além-fronteiras. Diante do impasse, o Pe. José Allamano, deslocou-se a Roma, e expôs a dificuldade ao Papa Pio X que lhe perguntou:
"Por que não funda você mesmo um instituto missionário feminino?"
"Eu não tenho vocação para isto, Santidade".
"Não a tem? Pois bem, eu lha dou. Vá e comece a pensar nisto".
O beato José Allamano tomou aquela ordem como a vontade de Deus e começou a tomar as devidas providências. O novo projeto custou-lhe vários anos de trabalho árduo, muita reflexão, dificuldades e sacrifícios. No ano de 1910 fundou, em Turim, o Instituto das Irmãs Missionárias da Consolata. Com a fundação das Irmãs, o trabalho missionário estendeu-se a outros países africanos: em 1916 na Etiópia; em 1922 na Tanzânia; em 1924 na Somália; em 1925, Moçambique. Em 1946 no Brasil e assim, sucessivamente em outros países da Europa, África, América e Ásia. Dizia que seus missionários eram portadores de esperança: "Esta é realmente obra do Senhor".
Foi beatificado pelo Papa João Paulo II a 7 de outubro de 1990.

Voltar

Autenticação

Registar

*
*
*
*
*
*

Fields marked with an asterisk (*) are required.

Próximos Eventos

Não foram encontrados eventos

Santo do dia

Sáb. Fev. 24
B. Ascensão Nicol Goñi
Sáb. Fev. 24
Etelberto de Kent
Dom. Fev. 25
S. Calisto Caravário
Dom. Fev. 25
S. Luís Versiglia
Dom. Fev. 25
Walburga

Horário de visitas da Igreja de S. Lourenço

Pode visitar a Igreja de S. Lourenço nos seguintes horários

 

De 15 de Abril a 15 de Outubro (Horário de Verão)

 Segunda-feira: 15h00 - 18h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 18h00

 

De 16 de Outubro a 14 de Abril (Horário de Inverno)

Segunda-feira: 15h00 - 17h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 17h00

 

 Ao Domingo encontra-se encerrada para visitas.

Entradas pagas

Onde Estamos