Párocos de Almancil   Paróquia sediada em São João da Venda   22/04/1658                   Sebastião de Faria Pessanha   1729 - 1731                  António Guerreiro 1731 - 1734                  Manuel de Sousa Teixeira 1734 - 1742                  Joseph Caetano de Souza (Prior encomendado) 1742 - 1752                  António Guerreiro 1752 - 1763                  José Pereira Lyma 1763 -                           Cristino Maria José     1803 - 1816                  José Caetano Sachez 1816 - 1819                  Manoel Ferro e Sousa 1819 - 1822                  Francisco das Chagas Leal Revez 1822 - 1824                  José Manuel da Silva Conceição 1824 - 1828                  Manoel da Silva Lopes Fonseca 1828 - 1834                  José Pedro Aleixo 1834 - 1844                  José Lopes França 1844 - 1845                  Manoel da Silva Lopes Fonseca (Prior encomendado) 1845 - 1848                  José Francisco de Carvalho 1848 - 1850                  Francisco das Chagas Leal Revez 1850 - 1854                  Diogo de Oliveira e Horta 1854 - 1860                  António Barbosa e Mattos 1863 - 1863                  Jorge Xavier Leal 1863 - 1867                  João Inácio Tavares 1867 - 1869                  Manoel José da Gama 1869 - 1875                  Jorge Xavier Leal 1875 - 1878                  António Francisco de Paula (Prior encomendado) 1878 - 1881                  Alexandre João do Nascimento (Prior encomendado) 1881 - 1887                  Augusto Martins d’Andrade 1887 - 1888                  Alexandre João do Nascimento (Prior encomendado) 1888 - 1894                  Filippe António de Brito 1894 - 1896                  Alexandre João do Nascimento (Prior encomendado) 1896 - 1903                  António Baptista Vieira 1903 - 1910                  Joaquim da Cruz Guerreiro 1910 - 1915                  João dos Santos Silva (Prior encomendado) 1915 - 1920                  Francisco Lucas Pacheco 1920 - 1921                  João dos Santos Silva 1921 - 1960                  José Pedro Leal (Prior encomendado até 1940, depois Pároco), 1960 - 1961                  Clementino de Brito Pinto 1961 - 1974                  António Inácio 1974 -1976                   José António Nobre Duarte (Pároco interino) 1976 - 1992                  Francisco Costa Rita 1992 - 2012                  Gilberto Melquíades Soares Santos 2012 -                             Jorge Manuel das Candeias de Carvalho 
Organização Pastoral (brevemente)
No cartório poderá tratar todos os assuntos relativos a processos de casamento e/ou batismo, área administrativa e financeira, marcação de intenções de missa, relações externas e institucionais, catequese e informações sobre os grupos e atividades da Paróquia. Poderá entrar em contacto com o Cartório na Igreja de S. Lourenço às terças, quartas e sextas entre as 16h00 e as 18h00.  
História de Almancil Almancil (ou Almansil) é uma freguesia portuguesa do concelho de Loulé, com 62,69 km² de área e 11 136 habitantes (2011). Densidade: 177,6 hab/km². Freguesia de Almancil no Século XIX Monografia do Concelho de Loulé - 1905  Francisco Xavier d’Athaíde Oliveira    “O padre Luiz Cardoso, que, no seu Diccionario Geographico foi sempre minuncioso em informações, diz de Almancil apenas o seguinte: “Aldêa no Reino do Algarve, comarca de Tavira, termo e freguezia de S. Clemente da villa de Loulé.” Já d’antesos visitadores do Mestrado de S. Thiago, que por ali deviam ter passado na sua visitação à Ermida de Farrobilhas, nem a Almancil se referiram; o que faz crer que em 1565 nem Ermida ali havia. Dizem os antigos que effectivamente nos princípios da Monarquia Portuguesa ali existia apenas uma pequena casa de venda ou hospedaria, de origem árabe, e por tanto chamada Almançal, que significa hospedaria. D’esta freguezia, que em 1841 ainda o não era, diz João Baptista da Silva Lopes: “Da freguezia de Loulé cortou a Junta do Distrito de 1836… para formar a freguezia de Almancil, denominada S. Lourenço dos Matos de Almancil, larga porção de terrenos, que se juntaram à antiga freguezia de S. João da Venda, que é suprimida, sendo substituída por aquela.” No entanto refere-se à egreja de S. Lourenço de Almancil, mas sem ainda ser sede de nova freguezia, pela maneira seguinte: “Esta egreja é notável pela belleza com que estão pintados os azulejos, de que todas as paredes estão revestidas, e todos os passos da vida do santo, e pela delicadeza do altar, cujas almofadas são de alabastro preto e de varias cores, colhido ali mesmo. Tem de rendimento oitenta mil reis, bons paramentos, casas sufficientes, que podem servir para a residência do parocho; pelo que a todos os respeitas foi bem formada esta nova freguezia, que no decreto de 6 de novembro de 1836 vem mencionada em a nova divisão administrativa.” É possível, pois, que o nome de Almancil venha do árabe Almançal, como também é possível que os azulejos, que hoje adornam o bonito templo dáquella freguezia sejam os mesmos que adornaram a egreja de farrobilhas a que nos referimos, quando escrevemos da freguezia de Loulé. No entanto, (o que não destroe a nossa suposição) é certo que a tradicção é constante em affirmar que os azulejos foram fabricados próximo do sitio e dentro da área da nova freguezia. No Mappa geral estatístico relativo ao anno económico, de 1864-1865 figura Almancil com 400 fogos, sendo a derrama arbitrada ao pároco 200$000 reis, pé de altar e mais rendimentos paroquiaes, 130$000; derrama 70$000 reis, secretario 4$200 réis, cobrador 4$000, total da derrama 78$200 réis. Modernamente a freguesia de S. João dos Matos d’Almancil tem progredido muito. Ao seu actual pároco, o muito reverendo Joaquim da Cruz Guerreiro, devemos as seguintes informações: O 1.º termo que se encontra lavrado, quando a egreja de S. João da Venda era matriz da freguezia tem a data de 22 d’Abril de…

Autenticação

Registar

*
*
*
*
*
*

Fields marked with an asterisk (*) are required.

igrejanova

donativo

Próximos Eventos

Não foram encontrados eventos

Santo do dia

Ter. Abr. 25
São Fiel de Sigmaringa
Qua. Abr. 26
São Marcos, evangelista

Horário de visitas da Igreja

Pode visitar a Igreja nos seguintes horários

 

De 15 de Abril a 15 de Outubro (Horário de Verão)

 Segunda-feira: 15h00 - 18h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 18h00

 

De 16 de Outubro a 14 de Abril (Horário de Inverno)

Segunda-feira: 15h00 - 17h00

Terça-feira a Sábado: 10h00 - 13h00 e 15h00 - 17h00

 

 Ao Domingo encontra-se encerrada para visitas.

Entradas pagas

Onde Estamos